Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fashion & Life by Mónica

A vontade de os colocar numa bolha!

O ano de 2017 não acabou da melhor forma, com muitas idas para o hospital por causa de constipações e faltas de ar, e a onda de doenças passou para 2018.

Temos passado o mês de Janeiro no hospital e pelo menos metade de Fevereiro vamos cá morar causa do menino Mateus. 

Está internado porque teve uma infeção na anca e a terapêutica é demorada e tem de ser feita no hospital. Os mais velhos são as constipações habituais mas que teimam em voltar. 

Não devo ser a única mãe que adorava colocar os filhos numa bolha para que nada de mal lhes acontecesse. Vê los doentes e cheios de dor dá cabo de nós, sofremos com eles, choramos com eles, e se pudéssemos passávamos por este tipo de coisas por eles. Infelizmente não podemos. A vontade de os colocar numa bolha é grande, mas não podemos.

 

Um início de ano difícil...

 

assinatura blog.png

 

Joka, O Novo Membro da Familia

Joka, o gato

 

Dizem que os gatos pretos dão azar, no nosso caso deu-nos imensa alegria. Passámos de uma família de 6 a contar com a nossa cadela, Bella, para uma família de 7.

Passámos a ter o Joka que é neste momento o bebé da casa, nascido em Agosto e com uma pancada enorme para se deitar em cima de mim quando já estou a dormir. Também adora dizer-me a que horas devo dormir, e não se cansa de me chatear enquanto não apagamos a luz. 

Mais um amigo, mais alguém para cuidar e dar todo o amor possível. 

assinatura blog.png

 

Era Mais Feliz...

Eu era Mais Feliz quando estava em casa.

Era Mais Feliz quando passava o dia inteiro a cuidar dos meus filhos e da casa.

Mais Feliz com um horário para levantar da cama e sem nunca  saber quando me ia deitar.

Mais Feliz a arrumar a sala pelo menos três vezes na mesma manhã, porque os filhotes desarrumaram tudo.

Mais Feliz sem pausas e intervalos ao longo de um dia de trabalho.

Mais Feliz quando passava alguns dias sem ter conversas de adultos.

Mais Feliz porque tinha tempo e paciência para brincar com os meus filhos.

Mais Feliz mesmo estando mais exausta do que agora que tenho um trabalho das 9h às 18h.

Mais Feliz porque o foco eram os filhos e sentia que estava realmente presente em tudo.

Mais Feliz sempre a arrumar a casa, a tratar da roupa e a fazer comida.

Mais Feliz porque também era mais criativa.

 

Estar em casa com os filhos e tratar da casa, não é de todo fácil. MESMO NADA FÁCIL. Mas descobri que é algo que realmente gosto. E eu era Mais Feliz em casa  com os filhotes. Mas, infelizmente, tive de voltar ao trabalho, porque tinha de ajudar o maridão com as despesas. 

Há um ano que estou a trabalhar e gosto de trabalhar, sempre gostei, sinto que estou a perder algumas coisas. Sinto que não estou tão realizada. Claro, que com o trabalho, também deixei de escrever, o que faz parte de mim, mas as minhas ideias estão sempre na minha cabeça e a um passo de uma caneta e papel, mas voltar a estar com os meus filhos e cuidar apenas deles e da casa, já é mais complicado.

 

 

assinatura blog.png

 

A Pressão da Menina

Quando se tem três meninos, como eu, é complicado falar com as pessoas, sem ouvir a seguinte pergunta:

“Então, anda à procura da menina?”

Por vezes respondo que não, mas  outras vezes respondo sim, o que é um grande erro, porque depois começa a pressão, começam perguntas constantes do género:

“Já estás a trabalhar para a menina?”

Vou sair só com o marido e a única coisa que oiço é:

“É agora! Agora é que vem a menina!”

O almoço caiu-me mal:

“Pronto, já está, já vem a caminho a menina!”

Não me interpretem mal, compreendo o entusiasmo das pessoas em quererem ver mais uma criança, mas é preciso ter calma. O meu menino mais novo só tem 16 meses. E pressionar não ajuda.

Apenas quem tem três meninos como eu me diz:

“É muito bom ter só meninos, são mais amigos das mães”.

E óbvio, também compreendem na perfeição que muito provavelmente não vou passar do número 3, especialmente tendo em conta que são só rapazes.

“Ui querida, é uma carga de trabalhos e vais ter dias horrorosos, mas eles são muito chegados às mães, não precisas de mais trabalho, nem de uma menina.”

Já somos cinco pessoas em casa, mais a cadela, portanto é complicado em colocar mais alguém lá, embora a gente gostasse muito. Pressionar não ajuda, e ter mais um filho não é algo que se deva pressionar para se tomar uma decisão.

 

Não concordam? Partilhem as vossas opiniões.

assinatura blog.png

 


Segue o fashion & life
fashionbymonica@sapo.pt

                








Some blog design Written by Joana

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.